Grécia investiga uso de subsídios para plantar maconha

Acusações de desvio de milhões de euros em subsídios da UE datam de 1991.

Malcolm Brabant, BBC

13 de novembro de 2007 | 13h25

O governo da Grécia está investigando acusações de que moradores de um vilarejo na Ilha de Creta desviaram centenas de milhões de euros em subsídios agrícolas da União Européia para o plantio de maconha.A União Européia está analisando as acusações e alertou que, se forem provadas, a Grécia terá que devolver estes subsídios ao bloco.As acusações de fraude datam de mais de 15 anos, mas foram divulgadas apenas há alguns dias, quando a polícia grega fez uma operação no vilarejo de Zoniana e nos seus arredores, no norte da Ilha de Creta.Em uma grande operação que envolveu helicópteros, veículos blindados e grupos de combate ao terrorismo, a polícia descobriu um depósito de armas e recuperou drogas e caixas automáticos, arrancados de agências bancárias com escavadeiras.Os policiais também descobriram que um homem da região tinha 2 milhões de euros (cerca de R$ 5,1 milhões) em uma conta bancária, e que, apesar das buscas, 200 homens de Zoniana haviam simplesmente desaparecido.Parte da riqueza encontrada não muito longe das populares praias de Creta veio diretamente do crime. Outra parte, aparentemente, teria sua origem no desvio de verbas do generoso sistema de subsídios agrícolas da União Européia.O jornal grego Kathimerini afirmou que desde 1991 os moradores de Zoniana não deixam fiscais agrícolas entrarem na região e, mesmo assim, ainda recebem subsídios da União Européia normalmente.No período entre 1998 e 2002, a União Européia pagou 180 milhões de euros a apenas seis vilarejos.Os moradores da região alegam que seus negócios se resumem à produção de azeite de oliva. Mas, segundo informações de um outro jornal grego, é difícil encontrar uma oliveira na região.O encarregado da distribuição dos subsídios da União Européia na Grécia confirmou à BBC que uma investigação já está sendo feita, antecipando os questionamentos de Bruxelas. Mas ele afirmou que todas as alegações, até o momento, são apenas boatos.Se alguma irregularidade for provada, a União Européia poderá pedir os subsídios de volta quando fizer a auditoria dos pagamentos feitos para a produção de azeite na Grécia em 2007.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.