Kenzo Tribouillard / AFP
Kenzo Tribouillard / AFP

Greta Thunberg doa US$ 100 mil para combate ao coronavírus

Ao receber prêmio da Unicef, a ativista climática, de 17 anos, disse que a pandemia de coronavírus é uma crise dos direitos da criança

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2020 | 03h01

A ativista climática sueca Greta Thunberg doou um prêmio de US$ 100 mil que ganhou da Organização das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para combater o coronavírus, informou o órgão mundial nesta quinta-feira, 30.

"Como a crise climática, a pandemia de coronavírus é uma crise dos direitos da criança", disse Thunberg, 17 anos, em comunicado da Unicef.

"Isso afetará todas as crianças, agora e a longo prazo, mas os grupos vulneráveis serão os mais afetados", acrescentou.

"Peço a todos que avancem e se juntem a mim no apoio ao trabalho vital da Unicef para salvar a vida das crianças, proteger sua saúde e continuar sua educação".

A organização dinamarquesa de combate à pobreza Human Act vai corresponder à doação de US$ 100 mil, acrescentou o comunicado. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.