Gripe já causou mais de 6 mil mortos, segundo balanço da OMS

O número de mortos representa um aumento de 359 casos fatais desde o balanço da semana anterior

Efe,

06 de novembro de 2009 | 15h52

Um total de 6.071 pessoas morreu até agora por causa da gripe A, segundo o último balanço divulgado hoje pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que assinala que o vírus já está presente em 199 países.

 

Veja também:

link Grávidas devem receber vacina contra gripe suína, diz OMS

link OMS: H1N1 deve causar mais mortes no inverno do Norte

link Vírus H1N1 é cepa predominante em circulação, diz OMS

 

O número de mortos representa um aumento de 359 casos fatais desde o balanço da semana anterior.

 

O continente com mais mortes é a América, com 4.399, seguido da Ásia, com 1.160, e Europa, com 300.

 

A OMS afirma que uma transmissão intensa e persistente desta gripe continua sendo registrada na América do Norte, sem que haja indícios de que se tenha atingido um ápice, e com índices de contágios superiores aos das seis últimas temporadas de gripe.

 

No México, acrescenta "foi registrado um número significativo de mais casos desde setembro que os que foram observados durante a primeira epidemia de primavera", acrescenta a OMS.

 

E na Europa e Ásia Central e do oeste, começou cedo a temporada de gripe.

 

Na Europa, foi registrada uma circulação intensa do vírus na Bélgica, Irlanda, Noruega, Espanha, Suécia, Grã-Bretanha, Alemanha e Holanda.

 

Os casos de contágios comprovados em laboratório, segundo este balanço, são 482.300 no mundo, embora os países já não informam à OMS todos os casos, especialmente os mais brandos.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.