Gripe suína está 'perfeitamente sob controle', diz secretário

São Paulo registrou, na terça-feira, 14, a segunda morte pela doença no Estado: um homem de 28 anos

Carolina Freitas, da Agência Estado e Fabiana Marchezi, da Central de Notícias,

15 Julho 2009 | 16h41

O secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Luiz Roberto Barradas Barata, afirmou que a situação da gripe suína, causada pelo vírus influenza A (H1N1), está "perfeitamente sob controle" no Brasil. Ainda segundo ele, não há contágio sustentado da doença no Estado.

 

São Paulo registrou, na terça-feira, 14, a segunda morte pela doença: um homem de 28 anos que residia em Botucatu. No País, já são quatro mortos. " A situação é de tranquilidade. Estamos registrando mais casos porque estamos no inverno", disse o secretário.

 

Segundo Barradas, o fato de o rapaz morto em Botucatu ser obeso pode ter contribuído para a fatalidade. Barradas informou que não há, na família da vítima, outros casos suspeitos da gripe.

 

 

No Estado, há cinco pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) por causa da doença. O secretário voltou ainda a recomendar que as pessoas adiem viagens a países em que a disseminação da gripe esteja em estado avançado, como Estados Unidos, Canadá, México, Argentina, Chile e Inglaterra.

 

Franca

 

A Secretaria da Saúde de Franca, no interior paulista, confirmou três casos de gripe suína na cidade. Os pacientes seriam dois irmãos, um de 15 e um de 16 anos, e uma advogada de 28 anos, moradores de São Paulo que estavam visitando parentes no município. 

 

 Segundo a secretaria, apenas um deles fez o exame que diagnostica a doença. Os outros dois são considerados positivos por terem tido contato com pessoas que foram contaminadas pelo vírus.

Os irmãos devem permanecer em Franca até que passe o período de contaminação, que termina nesta quarta-feira, 15.

 

Já a mulher deve ser monitorada até sexta-feira, 17, mas já voltou para a capital paulista. Quinze pessoas das duas famílias também estão sendo acompanhadas, conforme determinação do Ministério da Saúde.  

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.