HC de São Paulo separa siamesas com sucesso

Jenifer e Stefani, irmãs siamesas de 9 meses, de Águas Claras (MS), que estavam unidas pela região do abdome, foram separadas anteontem, com sucesso, no Instituto da Criança, do Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo. A cirurgia contou com uma equipe de 33 médicos e durou 13 horas. "Elas compartilhavam o fígado, o intestino, o genital e as vias urinárias", conta o cirurgião pediátrico João Gilberto Maksoud, coordenador da operação. "Os órgãos foram divididos e reconstruídos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.