Reuters/U.S. Library of Congress
Reuters/U.S. Library of Congress

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Historiadora acha improvável que tenham encontrado caravela de Colombo

Especialista diz que embarcação foi desmantelada para construção de um forte; descoberta foi anunciada nesta terça-feira por um arqueólogo americano

EFE

14 de maio de 2014 | 17h56

A historiadora Consuelo Varela, do Centro Superior de Investigações Científicas(CSIC) da Espanha e especialista em Cristóvão Colombo, considera "improvável, difícil" que os restos achados na costa do Haiti pertençam à nau Santa Maria. A descoberta foi anunciada nesta terça pelo explorador americano Barry Clifford.

"Seria maravilhoso, me encantaria que a descoberta correspondesse com os restos da nau da primeira viagem de Colombo a América", destaca Consuelo, que, entretanto, lembra que o navio daquela primeira viagem foi desmantelado para construir o forte Navidad, onde Colombo deixou 39 de seus homens antes de voltar à Espanha nas duas caravelas.

Cristóvão Colombo deixou relatos de como os índios o ajudaram a desmantelar Santa Maria, segundo Consuelo. Ela destaca que o mais provável é que tenham tirado o máximo do navio, ainda que seja possível que tenham deixado alguma coisa.

"Deve haver muito pouco; o lógico é que tenham pegado toda a artilharia para armar o forte, e toda a madeira que puderam para construí-lo, que aproveitaram toda a madeira possível", destaca a professora.

Segundo as fontes históricas, Santa Maria naufragou a pouca profundidade e dois dias depois de encalhar, "o barco continuava ali e seguiam desmantelando-o", segundo a historiadora.

Descoberta. Referência mundial em arqueologia submarina, o explorador americano Barry Clifford revelou ter encontrado o que seriam restos da caravela Santa Maria, uma das três embarcações utilizadas pelo navegador genovês Cristóvão Colombo (1451-1506) na expedição que entraria para a História pela Descoberta da América.

A carcaça foi encontrada no Mar do Caribe, próximo do Haiti. O jornal britânico The Independent divulgou os resultados da recente expedição de Clifford nesta terça-feira, 13, em sua página na internet. "Todas as evidências geográficas e de topografia subaquática sugerem fortemente que se trata da embarcação de Colombo", afirmou o explorador à publicação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.