Homem sueco é hospitalizado com suspeita de Ebola

Paciente afirmou que viajou por países africanos afetados pela doença; ele foi transferido para uma unidade de isolamento

Dow Jones Newswires

31 Agosto 2014 | 18h24

ESTOCOLMO - Um jovem que recentemente havia viajado para um país afetado pela epidemia de Ebola foi internado em um centro de isolamento médico em Estocolmo, na Suécia, após desenvolver febre alta na noite deste domingo, 31, informou a imprensa local. Uma porta-voz do Conselho do Condado de Estocolmo confirmou ao Wall Street Journal que eles tinham um caso suspeito da doença, mas que o diagnóstico ainda não havia sido realizado.

A imprensa sueca afirmou que o paciente não identificado havia desenvolvido febre alta, dores de estômago e procurou ajuda médica em uma clínica de saúde local. No centro, o homem disse que estivera viajando em um dos países africanos afetados pelo surto de Ebola. Ele então foi transferido para uma unidade de isolamento do Hospital Universitário de Karolinska.

"O risco de ser um caso de Ebola é mínimo, mas nós estamos lidando com isso com extremo cuidado", disse ao jornal Aftonbladet o especialista Ake Ortqvist. O médico acrescentou que a probabilidade de uma epidemia na Suécia é muito pequena.

Mais conteúdo sobre:
Ebola Suécia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.