Homem teve arame 'esquecido' no corpo em operação

O metal, de 15 cm de comprimento, se deslocou para as costas do paciente; ele deve ganhar 4 mil euros

Efe

15 de dezembro de 2008 | 17h08

Um alemão deverá ser indenizado com 4 mil euros depois que, após uma operação de joelho, descobrissem um arame de 15 centímetros "esquecido" nas suas costas.   Assim foi determinado nesta segunda-feira, 15, pelo Tribunal Territorial de Zweibrucken, na Alemanha, depois que o Tribunal Provincial de Kaiserslautern desprezasse a reivindicação do homem por considerar "improvável" que o arame tenha se deslocado do joelho até as suas costas.   O arame, de 1,2 milímetro de espessura, fazia parte do instrumento empregado na operação no joelho à qual o paciente tinha se submetido. O item é geralmente utilizado para estabilizar fragmentos de osso.   A sentença determina que o hospital pague a compensação econômica, e não o médico que praticou a operação, como reivindicava o paciente.

Tudo o que sabemos sobre:
saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.