Homens obesos têm maior risco de vida, diz estudo

Pesquisa dinamarquesa revela que pessoas com IMC acima de 25 morrem até oito anos mais cedo

AP

13 Julho 2010 | 17h31

ESTOCOLMO - Um estudo dinamarquês sugere que homens obesos de 20 anos de idade morrem, em média, até oito anos antes do que os não-obesos, disseram cientistas dinamarqueses nesta terça-feira, 13.

A pesquisa, apresentada no Congresso Internacional sobre a Obesidade em Estocolmo, na Suécia, também indica que a obesidade se desenvolve normalmente antes dos 20 anos e que a maioria das pessoas não costumam desenvolvê-la mais tarde.

Mais de 5 mil militares com idades entre 20 e 80 anos participaram do estudo. Cerca de 2 mil deles eram obesos quando começou a avaliação.

A pesquisa concluiu que o risco de morte prematura nos homens já obesos aumentou 10% para cada ponto atingido acima do nível saudável (25 pontos) de índice de massa corporal (IMC). Esse índice é usado para determinar a gordura corporal de uma pessoa através de um cálculo que utiliza peso e altura.

"Com 70 anos, 70% dos homens no grupo de controle e 50% do grupo de obesos ainda estavam vivos, e nós estimávamos que desde mais jovens os obesos eram propensos a morrer oito anos mais cedo do que os saudáveis", disse Esther Zimmermann, do Hospital Universitário de Copenhagen.

Esther , que liderou a equipe de estudo no Instituto do hospital de Medicina Preventiva, disse que a pesquisa levou em conta influências do tabagismo, ano de nascimento e educação, mas não outros fatores, como doenças hereditárias.

A pesquisa não incluiu mulheres, mas confirmou as descobertas feitas em estudos semelhantes.

No ano passado, um estudo americano publicado na revista médica BMJ disse que a obesidade poderia reduzir em quase 80% as chances de as mulheres atingirem a idade de 80 anos em boa saúde. Os pesquisadores descobriram que, para cada aumento de um ponto no IMC, as mulheres tiveram reduzidas em 12% as chances de sobreviver até os 70 anos de idade com boa saúde.

Um estudo britânico publicado na Lancet em 2009 descobriu que as pessoas com índice de massa corporal entre 30 e 35 morrem cerca de três anos antes do que o normal, enquanto os obesos mórbidos, com um índice superior a 40, morrem cerca de uma década antes.

Mais conteúdo sobre:
obesidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.