Hospitais do Piauí estão em alerta contra a dengue

Estado teve aumento de 35,2% dos casos; houve 6 mortes e 19 infestações pelo tipo hemorrágico

LUCIANO COELHO, Agência Estado

16 Novembro 2010 | 16h06

A Secretaria de Saúde do Piauí colocou hospitais em estado de alerta para receber pacientes vítimas de dengue. Segundo a secretaria, houve aumento de 35,2% dos casos da doença no Estado. Há registros de 6 mortes e 19 infestações por dengue hemorrágica.

A Fundação Municipal de Saúde de Teresina tem notificados 2.487 casos de dengue. A zona norte de Teresina, que tem mais lagoas, concentra 20% dos registros da doença na cidade. O Piauí notificou 7.719 casos desde janeiro.

Entre os municípios com mais registros estão Teresina, Anísio de Abreu, Angical do Piauí, Arraial, Floriano, Cajazeiras, Campo Maior, Francisco Aires, Inhuma, Ipiranga e Marcos Parentes. O secretário de Saúde, Telmo Mesquita, colocou os hospitais destas regiões em alerta para receber os pacientes com quadro de dengue.

Os relatórios apresentados pelas autoridades de saúde apontam que 90% dos focos dos mosquitos são identificados em residências, reservatórios d''água, bebedouros de animais, caixas d''água, fossas sanitárias e piscinas. O problema se agrava porque em muitos bairros a população armazena água por causa de falhas constantes no fornecimento da Empresa de Águas e Esgotos do Piauí S/A (Agespisa).

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, tem agendada para amanhã em Teresina uma reunião com cerca de 40 prefeitos e autoridades de saúde do Estado para discutir medidas contra a doença e no sentido de evitar uma epidemia.

Mais conteúdo sobre:
saúdedenguePiauíalerta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.