Identificado tipo de sarampo que contaminou cidade baiana

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) identificou como D4 o tipo de vírus de sarampo que contaminou moradores da cidade de João Dourado, a 445 quilômetros de Salvador. Segundo a coordenadora de imunização do Estado, Nilda Ivo, a constatação faz crescer a desconfiança de que o surto tenha sido iniciado por meio de contato de um habitante do município com turista estrangeiro - o tipo do vírus é mais freqüente no Canadá, na África do Sul e em alguns países da Europa. "Ainda não encontramos, porém, o caso índice (o que desencadeou o surto), mas continuamos investigando", afirma Nilda. Ela ressalta também que a identificação foi feita em apenas uma amostra de paciente infectado e que outras análises estão sendo feitas para confirmar a descoberta. Até a manhã hoje, foram confirmados 11 casos de sarampo em João Dourado. Outros 12 estão sendo investigados e 11 casos suspeitos foram descartados. De acordo com ela, o surto está controlado e foi restrito ao município. O tipo de vírus é diferente do identificado no último surto de sarampo no País, ocorrido no ano passado, quando o surfista profissional Fabio Gouveia, infectado durante um campeonato nas Ilhas Maldivas, trouxe o vírus do tipo D5 para o Brasil. À época, seis pessoas foram infectadas, quatro em Santa Catarina e duas em São Paulo.

Agencia Estado,

12 de dezembro de 2006 | 12h54

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.