Idoso deve ter cuidado específico com alimentação, diz nutricionista do HCor

Dieta é um dos fatores que ajudam no controle de índices de hipertensão, diabete e colesterol

Agência Estado

23 Setembro 2010 | 19h06

SAO PAULO - Idosos devem ter cuidados específicos com a alimentação, afirma Lillian Sant'Anna Macedo, nutricionista do Hospital do Coração (HCor). Para ela, a dieta é um dos fatores que ajudam no controle de índices de hipertensão, diabete e colesterol, entre outros.

"Um cardápio composto de fibras, vitaminas e minerais ajuda a manter a força e o equilíbrio do idoso. Um adulto deve ingerir em média 1 grama por dia de cálcio - mineral encontrado em leites, iogurtes, feijão branco e queijos, entre outros produtos. Já para pessoas acima dos 60 anos, a recomendação aumenta para 1,2 g por dia", compara.

Lillian afirma que as mudanças fisiológicas naturais decorrentes do envelhecimento interferem no apetite, no consumo e na absorção de nutrientes. "A associação de doenças, fatores psicossociais, condições socioeconômicas, interação entre nutrientes e medicamentos, e isolamento familiar e social também estão diretamente ligados à alimentação do idoso. Nesses casos, o consumo de alimentos saudáveis vai auxiliar na redução das comorbidades [doenças crônicas] e contribuir para o ritmo favorável de envelhecimento", completa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.