Imagem confirma existência de buraco negro no centro de galáxia

Astrônomos usando o Telescópio Hubble mapearam a rápida rotação de gás no centro da galáxia M84

estadão.com.br,

24 Janeiro 2011 | 11h59

 

SÃO PAULO - Esse ziguezague colorido, acredite, é evidência de um buraco negro no centro de uma galáxia. Astrônomos usando o espectrômetro mais poderoso do Telescópio Hubble mapearam a rápida rotação de gás no centro da galáxia e conseguiram, com apenas uma exposição, confirmar a existência desse objeto astronômico na galáxia M84.

 

Se não houvesse um buraco negro, a linha observada seria quase vertical, mas a imagem observada mostra um espiral de cores. A velocidade medida no centro da galáxia foi de 1.416.222 km/h em 26 anos-luz. Essa medida permitiu aos astrônomos calcular que o buraco negro contem pelo menos 300 milhões de massas solares.

 

A galáxia M84 fica no aglomerado de galáxias de Virgem, a 50 milhões de anos-luz da Terra, e é vizinha da enorme galáxia M87, que também tem um buraco negro em seu centro.

Mais conteúdo sobre:
buraco negroespaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.