Divulgação
Divulgação

Infectologista Sergio Cimerman estreia coluna no ‘Estado’

Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia vai escrever quinzenalmente sobre o novo coronavírus

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2020 | 04h50

O Estado terá, a partir desta terça-feira, 14, mais um espaço dedicado a informações sobre o novo coronavírus. O médico Sergio Cimerman, doutor em infectologia pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), escreverá coluna quinzenal na editoria de Metrópole durante três meses. Na estreia, ele analisa a aplicação dos testes diagnósticos da covid-19.

Formado em medicina pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Cimerman fez residência médica em infectologia no Instituto de Infectologia Emílio Ribas antes de realizar mestrado e doutorado na Unifesp. O médico presidiu a Associação Pan-Americana de Infectologia, entre 2009 e 2011, e a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), de 2016 a 2019.

“Pensávamos que seria um vírus com menos força que o H1N1, só que ele está demonstrando o contrário. O que temos de positivo é o distanciamento social, que reduz o número de casos e a transmissibilidade”, afirma. 

A função de colunista é inédita para Cimerman. O médico destaca a satisfação por escrever no Estado e promete uma mescla entre opinião pessoal e conhecimento científico nos textos sobre o coronavírus.

“Só escrevia trabalhos científicos, nunca tive essa experiência. É um grande prazer e um desafio, até porque a covid-19 é um desafio diário para todos. Todos vamos aprender, estudar e debater. Vou colocar uma opinião pessoal, mas sempre embasado em metodologia científica, não no empirismo”, diz o ex-presidente da SBI.

A coluna do médico reforça a cobertura analítica da pandemia proporcionada aos leitores pelo Estado. Toda semana, a cobertura conta com análises do biólogo Fernando Reinach. O psiquiatra Daniel Martins de Barros, que já contribui com o ‘Metrópole’, passou a escrever no caderno especial ‘Na Quarentena’ coluna semanal tratando sobre os aspectos psicológicos da covid-19.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.