Instituto do Câncer de São Paulo lança programa de prevenção para alunos do ensino médio

Parceria vai promover palestras em escolas estaduais; expectativa é que projeto alcance 1,5 milhão de alunos

Agência Brasil,

24 de novembro de 2011 | 18h09

 

O Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) começou nesta quinta-feira, 24, um programa de prevenção para alunos do ensino médio, em parceria com as secretarias de Estado da Saúde e da Educação. Para lançar a iniciativa, 80 médicos do Icesp promoveram palestras sobre o tema para cerca de 24 mil adolescentes em escolas estaduais. A intenção é que projeto alcance 1,5 milhão de alunos.

O objetivo do programa é fornecer informações para que os adolescentes adotem hábitos saudáveis ao longo da vida. “Fazer com que esses jovens, que estão entrando em uma idade de fazer opções para a vida, façam boas opções visando à própria saúde”, ressaltou a diretora executiva do Icesp. Marisa Madi.

As principais recomendações são: não beber, não fumar, praticar esportes, ter uma dieta balanceada, proteger-se contra o sol e o fazer somente sexo seguro. “Dentro desses principais temas foram desenvolvidas as orientações”, disse Marisa.

Além das palestras, serão distribuídas cartilhas com informações sobre o câncer, um vídeo gravado por médicos do instituto e videoconferências com os diretores de escolas. Espera-se com isso, que esse conteúdo passe a ser difundido pelos professores durante as aulas. “Se pegar essa faixa etária, adolescentes, e trabalhar com eles as mudanças de hábitos, a gente tem uma chance muito maior de prevenir o câncer”, destacou a diretora do Icesp.

Hoje pela manhã foram proferidas as primeiras palestras. “Eles[estudantes] ficaram muitos atentos ao tema, prestaram muita atenção e fizeram muitas perguntas pertinentes”, disse Marisa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.