Investigadores flagram alimentos vencidos e remédios falsos em SP

Só em galeria do Brás, foram apreendidos 400 frascos de anabolizantes, Viagra e abortivos

Agência Estado

15 Outubro 2010 | 19h11

SÃO PAULO - Investigadores da 2ª Delegacia de Saúde Pública do Departamento de Polícia e Proteção à Cidadania (DPPC) fizeram dois flagrantes na capital paulista.

Em uma galeria no Brás, no centro, foram apreendidos 400 frascos de anabolizantes, Viagra e abortivos falsos e sem registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O gerente Luciano José Dias foi preso.

Em Moema e na Alameda Nothmann, em Santa Cecília, foram encontrados alimentos com data de validade vencida em dois supermercados. Dois gerentes foram detidos, mas pagaram fiança. As informações são do Jornal da Tarde.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.