Japão lança satélite espião em foguete de fabricação nacional

O país começou a pôr em órbita satélites espiões em 2003, cinco anos depois de a Coreia do Norte realizar seus primeiros testes de lançamentos de mísseis

Efe

12 de dezembro de 2011 | 07h42

 TÓQUIO - O Japão lançou nesta segunda-feira, 12, com sucesso de seu centro espacial de Tanegashima (sudoeste) um satélite de vigilância em um foguete H-2A, em uma operação prevista para o domingo que teve que ser atrasada um dia por causa do mau tempo.

 

Segundo a Agência Aeroespacial japonesa (Jaxa), o foguete foi lançado às 10h21 (horário local, 23h21 de domingo em Brasília) e 20 minutos mais tarde o satélite se separou da plataforma de lançamento e entrou na rota prevista na altura adequada.

 

Trata-se do sétimo satélite dos serviços de inteligência que o Japão colocou em órbita, e seu desenvolvimento e lançamento tiveram um custo de 50 bilhões de ienes, segundo a edição digital do jornal "Asahi".

 

O H-2A é o principal modelo de plataforma de lançamento do Japão, construído em sua totalidade com tecnologia nacional, e protagonizou 20 lançamentos desde sua estreia em 2001, dos quais 19 foram bem-sucedidos.

 

A operação desta segunda-feira foi coordenada pela Jaxa e o fabricante aeroespacial Mitsubishi Heavy Industries, que participa deste tipo de lançamentos depois que estes foram privatizados em 2007.

 

O Japão começou a pôr em órbita satélites espiões em 2003, cinco anos depois de a Coreia do Norte realizar seus primeiros testes de lançamentos de mísseis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.