Japão proíbe pesquisadoras de doar óvulos

Um comitê ministerial japonês que está desenvolvendo regras para clonagem de embriões humanos resolveu proibir a doação de óvulos por pesquisadoras e funcionárias de laboratórios relacionados à pesquisa. A decisão seria um reflexo do recente escândalo na Coréia do Sul, no qual cientistas teriam coagido funcionárias a doar óvulos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.