Jovem brasileiro inventa filtro solar a base de urucum

Bruno Buzo, de 17 anos, apresentará o invento na International Science and Engineering Fair nos EUA

Agência Brasil ,

23 Março 2009 | 18h05

Em maio deste ano, o jovem cientista Bruno Fernando de Oliveira Buzo, 17 anos, vai participar da International Science and Engineering Fair (ISEF), nos Estados Unidos. Durante o evento, ele apresentará o seu invento: um filtro solar feito a base de urucum.

 

O jovem desenvolveu o produto quando ainda era aluno do Ensino Médio - hoje cursa medicina. O invento foi apresentado na Feira Brasileira de Engenharia e Ciência, no último fim de semana. Por causa do trabalho, Bruno foi premiado com a viagem aos EUA.

 

"Queria fazer um estudo sobre o aquecimento global e o meu professor sugeriu que eu pesquisasse sobre o câncer de pele", contou o estudante. Bruno constatou que este tipo de doença é uma das que mais matam no país. Além disso, ele notou que a população indígena era a que menos sofria desse mal. "Associei isso ao urucum e comecei a pesquisar", comentou Bruno.

 

O jovem levou cerca de dois anos para concluir a pesquisa. Com a ajuda do professor José Eduardo Diotto, ele conseguiu isolar o princípio ativo do urucum. "O Bruno quis produzir algo que pudesse ter uma participação social", lembrou Diotto.

 

De acordo com o professor, se for fabricado, o filtro solar poderá custar R$ 11 para o consumidor final. "A ideia é comprar e distribuir nas escolas para que as crianças já aprendem a cuidar da pele."

Mais conteúdo sobre:
sáudeciência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.