Jacquelina/Creative Commons
Jacquelina/Creative Commons

Lei obriga fabricante a informar presença de lactose nos alimentos

Embalagens dos produtos que tiveram o teor da substância alterado na composição também devem divulgar o dado em seu rótulo

Luci Ribeiro, O Estado de S.Paulo

05 Julho 2016 | 12h06

BRASÍLIA - O presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), sancionou nesta terça-feira, 5, lei que obriga os fabricantes de alimentos a informar nos rótulos dos produtos a presença de lactose. As embalagens de alimentos cujo teor original de lactose tenha sido alterado também deverão trazer o teor da substância remanescente no produto. A nova lei está publicada no Diário Oficial da União (DOU) e entra em vigor em 180 dias.

No domingo, 3, passou a valer a resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que obriga bebidas e alimentos industrializados que chegam às gôndolas a dispor de dados sobre a presença de alergênicos, como castanhas, crustáceos e leite.

Pela resolução, 17 tipos de alimentos devem ser citados nos rótulos caso estejam presentes nos produtos. Segundo a Anvisa, estima-se que, no País, de 6% a 8% das crianças com menos de 6 anos de idade tenham alguma tipo de alergia e que a alternativa contra reações é evitar certos alimentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.