Leite contamina 580 bebês e mata dois na China

Escândalo alimentício volta a trazer preocupação aos consumidores chineses; 19 são presos

Efe,

15 de setembro de 2008 | 03h20

A morte de um segundo bebê na China por ter ingerido leite contaminado eleva para 2 o número de vítimas mortais neste novo escândalo de segurança alimentar. As crianças afetadas já somam 580, 148 a mais do que o divulgado, informou nesta segunda-feira, 15, a imprensa oficial. A morte, segundo a agência de notícias Xinhua, aconteceu na província noroeste de Gansu. É a mesma província que registrou a primeira morte na semana passada e onde aconteceram os primeiros casos de bebês com cálculos renais por ingestão de melamina. O escândalo, que volta a trazer preocupação aos consumidores chineses após alguns meses sem casos deste tipo, levou até agora à detenção de 19 pessoas relacionadas com a marca Sanlu, cujo leite era tomado pelas crianças afetadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.