Lésbicas são mais propensas à obesidade, revela relatório

Mulheres homossexuais têm duas vezes mais chance de ficar acima do peso, ou obesas, do que as heterossexuais, o que as coloca em grande risco de ter problemas de saúde relacionados à obesidade, segundo pesquisadores americanos. O relatório, divulgado na publicação especializada American Journal of Public Health, é um dos primeiros estudos a observar isso. Análise feita com 6.000 mulheres mostrou que as lésbicas tinham 2,69 vezes mais chances de estar acima do peso, e 2,47 vezes de serem obesas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Agencia Estado,

29 de abril de 2007 | 10h25

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.