Lista do governo possui número maior de espécies

Número de espécies consideradas invasoras pelo Instituto Hórus é menor do que a do Ministério do Meio Ambiente

Herton Escobar,

05 de março de 2012 | 15h33

 A lista de 348 espécies consideradas invasoras pelo Instituto Hórus é bem menor do que a do Informe Nacional do Ministério do Meio Ambiente sobre o assunto, que inclui 545 espécies. A diferença, segundo a diretora do instituto, Sílvia Ziller, deve-se principalmente a uma metodologia mais rigorosa de classificação.

“O Informe Nacional faz uma certa confusão entre espécies exóticas e invasoras.” Para muitas espécies, segundo Sílvia, não há informações suficientes para dizer se elas realmente se tornaram invasoras. “Só incluímos no banco de dados aquelas que tínhamos certeza que são invasoras”, garante Sílvia. “Se não fica uma coisa muito vaga.”

O número de espécies no novo banco de dados é menor até do que o da versão anterior do próprio instituto. “Não significa que o problema diminuiu, apenas que a informação melhorou.”

Tudo o que sabemos sobre:
espécies invasorasInstituto Hórus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.