Arquivo pessoal
Arquivo pessoal

Live coronavírus: Estadão entrevista a paramédica brasileira Priscila Currie, que atua na Inglaterra

Profissional da saúde vai falar sobre sua rotina durante o pico da pandemia e explicar como o Reino Unido está conseguindo vencer a covid

Redação,

10 de junho de 2021 | 10h00

SÃO PAULO - O Estadão entrevista ao vivo nesta quinta-feira, 10, Priscila Currie, paramédica brasileira que atua no Serviço Nacional de Saúde (NHS) do Reino Unido. A live será realizada a partir das 14 horas, com transmissão em quatro redes sociais do grupo: Facebook, Twitter, YouTube e LinkedIn.

Com duração de cerca de 30 minutos, a entrevista será conduzida por Mariana Hallal, repórter do Estadão. Depois, o vídeo também estará disponível para acesso nas redes sociais. Os leitores poderão sugerir perguntas para os entrevistados por meio das seções de comentários nas plataformas.

Priscila trabalha em Londres atendendo casos de urgência médica. Ela é sempre a primeira a chegar na ocorrência e tem a missão de estabilizar o paciente até a chegada da ambulância. A brasileira vai contar sobre sua rotina de trabalho durante o pico da pandemia e explicar como o lockdown rigoroso e a vacinação estão ajudando o Reino Unido a vencer a guerra contra a covid.

Tudo o que sabemos sobre:
coronavírusPriscila Currie

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.