Prefeitura de Botucatu/divulgação
Prefeitura de Botucatu/divulgação

Live Coronavírus: Estadão entrevista o infectologista Carlos Magno Fortaleza

Médico fala sobre o impacto das recentes aglomerações na pandemia de covid-19 e sobre o projeto de vacinação em massa em Botucatu; transmissão ao vivo ocorrerá nesta quinta, às 14 horas

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de maio de 2021 | 10h01

SÃO PAULO - O Estadão entrevista ao vivo nesta quinta-feira, 12, Carlos Magno Castelo Branco Fortaleza, médico infectologista e professor da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu. A live será realizada a partir das 14 horas, com transmissão em quatro redes sociais do grupo: Facebook, Twitter, YouTube e LinkedIn.

Com duração de cerca de 30 minutos, a entrevista será conduzida por Paulo Favero, repórter do Estadão. Depois, o vídeo também estará disponível para acesso nas redes sociais. Os leitores poderão sugerir perguntas para os entrevistados por meio das seções de comentários nas plataformas.

Carlos Magno Castelo Branco Fortaleza, médico infectologista e professor da Faculdade de Medicina da Unesp de Botucatu. A entrevista pretende abordar o impacto na pandemia das aglomerações causadas no feriado de 1º de maio e no Dia das Mães. Outro ponto a ser abordado é sobre o projeto na cidade de Botucatu que vai fazer uma vacinação em massa da população local contra a covid-19. O professor é autor e coordenador deste projeto.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.