M. Spencer Green/AP Photo
M. Spencer Green/AP Photo

Live do ‘Estadão’ aborda riscos da obesidade para pacientes da covid-19

Transmissão ao vivo ocorre no Facebook do jornal às 16h; perguntas podem ser enviadas por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavírus no Facebook

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de agosto de 2020 | 11h02

A obesidade é o principal fator de risco de morte para pacientes da covid-19 com menos de 60 anos, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Além disso, segundo um estudo britânico, obesos têm 40% a mais de chance de morrer da doença. O que explica essa relação? Como amenizar essa situação sem sair do isolamento necessário para essas pessoas?

Para entender o assunto, o Estadão recebe na live desta quinta-feira, 6, Manoel Galvão, gastroenterologista que atua nos Estados Unidos e Eduardo Grecco, gastrocirurgião, endoscopista e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica - ambos do Instituto EndoVitta. A transmissão acontece às 16h, na página do Facebook do jornal.

É possível participar da live enviando suas dúvidas e comentários por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavírus, espaço no Facebook para troca de informações sobre a pandemia, aberto a todos os leitores do Estadão

Às segundas e quintas, o Estadão realiza transmissões ao vivo sobre assuntos relevantes relacionados ao novo coronavírus. Durante a pandemia, o jornal disponibilizou seus principais conteúdos gratuitamente aos leitores que não são assinantes.

Os leitores podem acompanhar também o Boletim Coronavírus, newsletter aberta a todos com as principais notícias do dia sobre o tema, a cobertura em tempo real e os podcasts.

Tudo o que sabemos sobre:
obesidadecoronavírusepidemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.