DSEI-ARN
DSEI-ARN

Live do ‘Estadão’ discute situação de indígenas em meio à pandemia de coronavírus

Transmissão ocorre no Facebook do jornal às 16 horas; perguntas podem ser enviadas por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavírus no Facebook

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2020 | 12h56

Nesta quarta-feira, 3, o Estadão aborda a situação dos indígenas em meio à pandemia de coronavírus e o caos no sistema de saúde de Manaus e outras cidades do Amazonas em transmissão ao vivo. O entrevistado será Lino João Neves, professor do Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Amazonas e doutor em Sociologia pela Universidade de Coimbra. O evento ocorre às 16h, nas redes sociais do jornal.

A cidade de Manaus tem 30 mil índigenas de diferentes povos, registrando no início do mês 91 mortos em 19 povoados. A doença se espalhou para o interior do Estado, que já registra mais casos que a capital, chegando à cidades distantes da capital Manaus, como São Gabriel da Cachoeira, afetando ainda essa população.

Os povos indígenas sofrem ainda com descaso governamental, com sucessivos cortes nos gastos relacionados à sua saúde, e denúncias de que órgãos como a Funai não teriam utilizado a verba que receberam para ações de proteção contra o novo coronavírus.

Em um artigo, Lino alerta para o risco de um genocídio de povos indígenas causado pela pandemia, principalmente entre aqueles que vivem de forma isolada. O professor também denuncia o sucateamento e desestruturação do subsistema de saúde indígena. É possível participar da discussão com perguntas enviadas pelos comentários da transmissão e também previamente por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavirus, espaço no Facebook para troca de informações sobre a pandemia, aberto a todos os leitores do Estadão.

A entrevista é parte de uma série de transmissões ao vivo sobre temas relacionados à covid-19, que já está em seu terceiro mês. Durante a pandemia, o jornal disponibilizou seus principais conteúdos gratuitamente aos leitores que não são assinantes. Eles podem acompanhar também o Boletim Coronavírus, newsletter aberta a todos com as principais notícias do dia sobre o tema, a cobertura em tempo real e os podcasts.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.