Mais 5 morrem por causa da gripe suína no País

Vítimas da doença são do Rio Grande do Sul, Campinas, São Caetano do Sul e Rio de Janeiro

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

31 Julho 2009 | 18h56

As Secretarias de Saúde do Rio Grande do Sul e de Campinas confirmaram na noite desta sexta-feira, 31, outros cinco óbitos decorrentes do vírus Influenza A (H1N1).

 

Veja também:

especialEntenda a gripe suína: perguntas e respostas 

video Infectologista esclarece cuidados que serão tomados 

mais imagens Veja galeria de fotos da gripe suína pelo mundo   

som 'Meios de transportes facilitam a propagação'

documento Folheto oficial do Ministério da Saúde 

 

Em Campinas, o caso mais recente é de uma jovem de 17 anos, grávida de gêmeos, que deu entrada num hospital-maternidade no dia 12 deste mês em trabalho de parto. Ela morreu na tarde de hoje, mas o caso já havia sido confirmado para H1N1. Os bebês que nasceram no dia 14 passam bem e já receberam alta.

 

No Rio Grande do Sul, uma mulher gestante, de 23 anos, morreu no dia 19 deste mês, em Vacaria. A segunda morte, também no dia 19, foi de um homem, de 24 anos, em Caxias do Sul, que apresentava pneumopatia. A terceira vítima, uma mulher de 21 anos, faleceu no dia 20 deste mês em São Borja. Ela era portadora de Diabetes. O quarto óbito ocorreu no dia 25, em Caxias do Sul. A vítima era um homem de 37 anos.

 

Outros casos

 

Ainda na tarde de hoje, a Prefeitura de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, confirmou a segunda morte causada pela gripe suína. No Rio de Janeiro também foram registradas quatro novas mortes e Campinas, no interior paulista, confirmou um óbito provocado pela doença.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína influenza A (H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.