ED FERREIRA/ESTADAO
ED FERREIRA/ESTADAO

Mais Médicos prorroga prazo para profissionais formados no exterior

Inscrições podem ser feitas até este domingo, 16; Ministério da Saúde relata picos de instabilidade em site

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

14 de dezembro de 2018 | 12h19

SÃO PAULO - O Ministério da Saúde informou nesta sexta-feira, 14, que o prazo para inscrições de brasileiros e profissionais formados no exterior para o Mais Médicos foi prorrogado. Agora, os interessados terão até este domingo, 16, para enviar a documentação para participar do programa.

Segundo a pasta, a mudança nos prazos foi motivada por "picos de instabilidade do site do programa causada pelo grande número de acessos". O problema pode ter dificultado inscrições.

O ministério informou que até quinta-feira, 13, 6.634 profissionais médicos brasileiros ou estrangeiros formados no exterior finalizaram a inscrição no programa. Eles precisam entregar 17 documentos para poder participar do Mais Médicos.

O edital foi lançado após a saída de Cuba do programa, motivada por declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

A mudança no cronograma também teve impacto na data de apresentação dos profissionais com registro no Brasil nas cidades selecionadas, que seria nesta sexta e foi transferida para o próximo dia 18. De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, 5.352 médicos compareceram ou já iniciaram as atividades nas localidades.

Nos dias 20 e 21, médicos com registro brasileiro poderão escolher municípios com vagas disponíveis e, nos dias 27 e 28, será a vez dos profissionais brasileiros formados no exterior.

Para os profissionais estrangeiros formados no exterior, a escolha de vagas disponíveis será nos dias 3 e 4 de janeiro de 2019.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.