DIDA SAMPAIO/ESTADAO
DIDA SAMPAIO/ESTADAO

Mais Médicos tem 5,2 mil novas inscrições confirmadas pelo Ministério da Saúde

Dos efetivados, 3.648 já escolheram os municípios onde vão trabalhar, mas esses locais não foram divulgados. Inscrições foram prorrogadas até 7 de dezembro

Lígia Formenti e Fabiana Cambricoli, O Estado de S.Paulo

23 Novembro 2018 | 00h53

Balanço divulgado nesta quinta-feira, 22, pelo Ministério da Saúde mostrou que 11.429 profissionais formados no País já se inscreveram no Mais Médicos. Do total, foram validados 5.212 pedidos. As demais inscrições foram anuladas por apresentarem inconsistências. Dos efetivados, 3.648 já escolheram os municípios onde vão trabalhar, mas esses locais não foram divulgados.

O Ministério da Saúde afirmou nesta quinta-feira, 22, que o prazo para a inscrição de profissionais formados no Brasil no programa Mais Médicos será prorrogado até o dia 7 de dezembro. Inicialmente, interessados tinham até o dia 25 de novembro para fazer a inscrição. A extensão do prazo deverá ser adotada em razão de instabilidade no sistema de inscrição que, de acordo com a pasta, foi alvo de tentativa de invasão por hackers.

Embora a invasão não tenha sido concretizada, o sistema ficou instável desde ontem, quando foram abertas as inscrições. Até o momento, a situação não foi normalizada. Médicos interessados em participar do programa ainda têm dificuldades para ingressar no sistema.

Já o Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) decidiu acelerar a emissão do registro profissional de médicos recém-formados interessados em se inscrever no programa Mais Médicos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.