Mãos das mulheres têm mais bactérias que de homens

No geral, todos têm mais tipos de bactérias que os pesquisadores esperavam encontrar

AP

03 de novembro de 2008 | 20h00

Um novo estudo norte-americano descobriu que mulheres têm uma maior variedade de bactérias em suas mãos que os homens.  E todos têm mais tipos de bactérias que os pesquisadores esperavam encontrar.  "Uma coisa que é realmente surpreendente é a variabilidade entre indivíduos, e também entre mãos do mesmo indivíduo", disse o professor-assistente de bioquímica da Universidade do Colorado Rob Knight, co-autor do trabalho. "O número de espécies de bactérias detectadas nas mãos dos participantes foi uma grande surpresa, assim como a maior diversidade de bactérias nas mãos das mulheres", acrescentou o pesquisador Noah Fierer, professor assistente do departamento de ecologia e biologia evolutiva da Universidade do Colorado.  Os pesquisadores não têm certeza do porquê da maior variedade de bactérias nas mãos de mulheres, mas Fierer sugeriu que pode ser causado pela acidez da pele. Knight disse que homens normalmente têm a pele mais ácida que as mulheres.  Outras possibilidades são diferenças de transpiração e de oleosidade, freqüência de aplicação de hidratantes ou outros cosméticos, espessura da pele ou produção hormonal, disse.  Mulheres também podem ter mais bactérias vivendo abaixo da superfície da pele, onde não estão acessíveis para lavagem, acrescentou.  Quando questionado se homens devem se preocupar ao segurar nas mãos de mulheres, Knight respondeu: "Acho que depende da mulher." Ele frisou que "a maior parte das bactérias que temos em nosso corpo não são prejudiciais à saúde e podem até mesmo beneficiá-la." Os pesquisadores tiraram amostras das palmas das mãos de 51 alunos universitários e testaram as amostras usando um novo sistema que detecta DNA de bactérias.  Eles identificaram, ao todo, 4.742 espécies de bactérias, das quais apenas cinco se encontravam em todas as mãos, disseram na edição online da revista Proceedings of the National Academy of Sciences. A mão média tinha cerca de 150 espécies de bactérias.

Tudo o que sabemos sobre:
saúdebactérias

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.