Máquina portátil é aprovada para o tratamento de tumores cerebrais

estadão.com.br,

18 Abril 2011 | 15h33

 

SÃO PAULO - A agência americana que regulamenta fármacos, a Food and Drug Administration (FDA), aprovou o uso do primeiro aparelho médico indicado como alternativa à quimioterapia em casos de tumores cerebrais. O NovoTTF-100A é uma máquina portátil desenvolvida para o tratamento do Glioblastoma multiforme (GBM) recorrente que permite que o paciente mantenha suas atividades diárias enquanto recebe a terapia contra o tumor.

 

Veja também:

link Droga em teste eleva em 61% sobrevida de pacientes com câncer cerebral

link Sistema imunológico e genética erradicam tumor cerebral

link Terapia genética para câncer do cérebro funciona em ratos

Mais conteúdo sobre:
câncer

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.