Marte teve material para a vida, dizem cientistas

Sete meses depois do pouso do jipe Curiosity em Marte para avaliar a existência de ingredientes para a vida no planeta, os cientistas já tem a resposta: sim.

IRENE KLOTZ, Reuters

12 de março de 2013 | 18h28

Um pó extraído de uma rocha antiga e outrora encharcada na cratera Gale mostra argilas, sulfatos e outros minerais que são importantes para a vida, disseram os cientistas em uma entrevista coletiva na terça-feira na sede da Nasa, em Washington.

A água que havia antigamente nessa região, conhecida como baía de Yellowknife, provavelmente era potável, disse o cientista John Grotzinger, do Instituto de Tecnologia da Califórnia.

A análise não chegou no entanto a confirmar a existência de compostos orgânicos imprescindíveis à vida tal qual a conhecemos na Terra. Mas, restando 17 meses para a missão primária do jipe, os cientistas dizem ter a esperança de resolver essa questão.

O Curiosity, que custou 2,5 bilhões de dólares, não se propõe a encontrar vida em Marte, e sim os compostos orgânicos que tenham sido eventualmente preservados.

Tudo o que sabemos sobre:
CIENCIAMARTEVIDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.