Mato Grosso registra seis mortes por dengue este ano

Estado registrou 6.317 casos da doença em 2011, sendo 30 deles considerados graves

Solange Spigliatti. da Central de Notícias,

19 Maio 2011 | 17h44

São Paulo, 19 - Seis pessoas morreram em decorrência da dengue no Mato Grosso este ano, segundo levantamento da Secretaria de Estado de Saúde divulgado nesta quinta-feira, 19. Os dados da dengue são referentes ao período de 1º de janeiro a 19 de maio de 2011.

Veja também:

especial A dengue no Brasil

Segundo o balanço, além das seis mortes, quatro delas confirmadas e duas em investigação, 30 casos foram notificados como casos graves da doença, entre os 6.317 casos registrados em 2011.

A capital Cuiabá tem a notificação de 948 casos de dengue, sendo 14 de casos graves. Desses 14 casos graves registrados em Cuiabá apenas oito são residentes na Capital. Outros seis são residentes nos municípios do Estado: um em Tangará da Serra, um em Nova Brasilândia, um em Alto Paraguai, um em Guarantã do Norte, um em General Carneiro e um de Barra do Bugres. E um caso é de pessoa residente no Estado do Amazonas, em Manaus.

Os municípios que tiveram a notificação de óbitos por dengue até o momento foram General Carneiro (um confirmado), Pedra Preta (um confirmado), Colíder (um confirmado), Cuiabá (um óbito em investigação), Torixoreu (um confirmado), Ribeiraozinho (um caso em investigação).

As notificações de casos de dengue em Mato Grosso, no ano de 2010, de 1º de janeiro a 19 de maio, foram de 38.736 casos, sendo que Cuiabá notificou 3.611, Várzea Grande notificou 1.738 casos, Sinop notificou 2.808 casos e Rondonópolis 3.866 casos. Em 2011, as notificações neste mesmo período foram de 6.317 casos de dengue, em todo o Estado.

Mais conteúdo sobre:
dengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.