Medicamentos do Programa Dose Certa são entregues em sacolas ecológicas

Remédios são oferecidos à população de SP por 21 unidades na capital e região metropolitana

estadão.com.br

14 Julho 2010 | 12h48

SÃO PAULO - Os medicamentos oferecidos à população pelas 21 unidades do Programa Dose Certa na capital paulista e região metropolitana agora são entregues em sacolas ecológicas. O novo tipo de material utiliza plástico reciclado, com tempo de decomposição 133 vezes menor que as sacolas comuns.

O material usado é o d2w, substância que, adicionada ao plástico, reduz sua decomposição na natureza de 200 anos para 18 meses.

A ideia de desenvolver essa nova sacola surgiu de uma demanda da Ouvidoria da Fundação para o Remédio Popular (Furp), órgão da Secretaria da Saúde de São Paulo responsável pelas Farmácias Dose Certa. A Furp registrou alguns questionamentos sobre a utilização das sacolas plásticas convencionais que agridem o meio ambiente.

Assim, foram feitas pesquisas e estudos e após várias opções, como papel, papel reciclado, tecido e estopa, entre outros. A utilização do d2w foi avaliada como a mais viável e eficaz.

"Essa é uma iniciativa que vem ao encontro da preocupação mundial em torno do meio ambiente. Com as novas sacolas ecológicas, o Sistema Único de Saúde (SUS) de São Paulo garante medicamentos de graça à população com a necessária dose de preservação ambiental", afirma o superintendente da Furp, Rubens Scaff.

Características e vantagens das novas sacolas do programa:

- São confeccionadas com plástico reciclado;

- São biodegradáveis;

- Quando descartadas, causarão menor impacto ao meio ambiente, por causa da decomposição acelerada;

- Têm frases educativas e prazo de validade no verso;

É importante que as sacolas sejam mantidas em local seco, sem luz solar direta e a temperatura inferior a 29ºC.

Farmácias Dose Certa

Criadas para ampliar o acesso da população do município de São Paulo aos medicamentos do Programa Dose Certa, as Farmácias Dose Certa têm 20 unidades na capital, localizadas em pontos estratégicos e de fácil acesso (estações do Metrô, da CPTM, de ônibus, hospitais e ambulatórios).

São distribuídos gratuitamente cerca de 67 tipos de produtos. As unidades pertencem à Secretaria de Estado da Saúde e são operacionalizadas pela Furp. Ainda há uma farmácia localizada no município de Cotia, que beneficia mais de 40 mil moradores da região e usuários do SUS.

Cada unidade conta com um farmacêutico e uma equipe de atendentes treinados para orientar os usuários sobre o uso correto de medicamentos. As Farmácias Dose Certa oferecem medicamentos gratuitamente à população, mediante apresentação da receita médica emitida pelo SUS.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.