Médico brasileiro é nomeado diretor de programa da ONU sobre aids

Luiz Loures já foi assessor especial na área de combate à aids do Ministério da Saúde

Agência Brasil

17 Dezembro 2012 | 16h43

BRASÍLIA - O médico brasileiro Luiz Loures será o novo diretor executivo adjunto do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), em substituição ao norte-americano Paul De Lay. Loures tem mais de 25 anos de profissão e já trabalha no programa.

"O Brasil atribui grande importância ao programa Unaids. [Com a] indicação do doutor Luiz Loures, o governo brasileiro reafirma seu comprometimento com o programa e com a cooperação internacional relacionada ao tema do HIV/aids", destaca, em nota, o Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty.

Antes de ingressar na Unaids, Loures foi assessor especial na área de combate e prevenção à aids do Ministério da Saúde. Também participou da criação e da consolidação do Programa Nacional de Aids do Brasil e se envolveu na elaboração de políticas públicas para a distribuição de medicamentos antirretrovirais.

Loures fez medicina na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), especializou-se em cuidados intensivos, depois concluiu os estudos nos Estados Unidos. Ele fala português, espanhol, inglês e francês.

Mais conteúdo sobre:
AidsHIVUnaidsONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.