Ministério da Saúde/Estadão
Ministério da Saúde/Estadão

Médico brasileiro formado no exterior tem novo prazo para escolher vaga no Mais Médicos

Candidatos terão os dias 23 e 24 de janeiro para escolherem os locais de atuação

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

26 Dezembro 2018 | 20h56

SÃO PAULO - O Ministério da Saúde prorrogou para os dias 23 e 24 de janeiro de 2019 o prazo para os médicos graduados no exterior, que já enviaram a documentação para participar do Mais Médicos, selecionarem os municípios em que querem trabalhar. Já nos dias 30 e 31 de janeiro, os médicos estrangeiros terão acesso ao sistema para optarem pelas localidades em aberto.

Inicialmente, estão disponíveis 842 vagas em 287 municípios e 26 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI). Os postos abertos são referentes a localidades não ocupadas na segunda seleção para os profissionais que possuem registro (CRM) no Brasil. 

Segundo Ministério da Saúde, 10.205 profissionais brasileiros e estrangeiros com habilitação para exercício da medicina no exterior (sem registro no Brasil) completaram a inscrição no Mais Médicos. As documentações ainda estão em análise. 

De acordo com o Ministério da Saúde, a publicação da validação dos médicos brasileiros aptos à escolha de municípios está prevista para ser divulgada no dia 22 de janeiro. Posteriormente, no dia 29, sairá o resultado dos médicos estrangeiros.

Mais conteúdo sobre:
Mais Médicossaúde pública

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.