Médico tratado com remédio experimental recebe alta nos EUA

Doutor Kent Brantly, da Samaritan's Purse, contraiu o vírus do Ebola de pacientes na Libéria e foi tratado com o medicamento ZMapp

Joe Bavier, REUTERS

21 Agosto 2014 | 07h29

ATLANTA - Um médico norte-americano que contraiu Ebola de pacientes que tinham o vírus na Libéria recebeu alta de um hospital nos Estados Unidos após receber tratamento com um medicamento experimental, informou a instituição de caridade da qual ele faz parte.

Kent Brantly recebeu o medicamento ZMapp, usado em alguns poucos pacientes no surto de Ebola na África Ocidental, e foi levado de volta aos Estados Unidos neste mês.

O médico recebeu alta do hospital da Universidade Emory, em Atlanta, de acordo com comunicado da instituição Samaritan's Purse.

Mais conteúdo sobre:
EBOLA Médico Estados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.