Médicos não devem usar jaleco e gravata

A Associação Médica Britânica (BMA, na sigla em inglês) recomendou que médicos não usem gravatas e jalecos. Como essas roupas raramente são lavadas, representam um considerável risco de contaminação para os pacientes. Na Grã-Bretanha, anualmente, mais de 5 mil pessoas morrem de infecção hospitalar, gerando um gasto para o Serviço Nacional de Saúde de mais de 1 bilhão de libras, de acordo com a BMA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.