Médicos suspendem atendimento a dez operadoras de planos de saúde em São Paulo

Paralisação será realizada na sexta-feira e irá afetar apenas consultas eletivas

Fabiana Cambricoli, O Estado de S.Paulo

13 Novembro 2014 | 12h45

 SÃO PAULO - Os médicos do Estado de São Paulo vão suspender nesta sexta-feira, 14, o atendimento a clientes de dez operadoras de planos de saúde. A paralisação vai afetar apenas as consultas eletivas. Os atendimentos de urgência, as cirurgias e os exames agendados serão realizados normalmente.

De acordo com Florisval Meinão, presidente da Associação Paulista de Medicina (APM), a ação tem como objetivo sensibilizar as operadoras a oferecerem melhores remunerações aos profissionais que atendem convênios médicos. "Os valores que recebemos não foram reajustados ao longo dos anos de acordo com a inflação. No caso das cirurgias, estamos recebendo apenas 50% do valor adequado", diz ele.

Meinão explica que, ao contrário da última paralisação, que interrompeu o atendimento aos beneficiários de todas as operadoras de saúde, desta vez, apenas as empresas que não negociaram com a categoria serão afetadas pela paralisação. "Nós enviamos uma solicitação de negociação com a nossa pauta em fevereiro para todas as operadoras. A maioria aceitou negociar. Então só suspendemos o atendimento às operadoras que não negociaram ou que não apresentaram nenhuma proposta", conta ele.

De acordo com o presidente da APM, uma das reivindicações da categoria é que seja reajustado para R$ 100 o valor da consulta. "Com as negociações, conseguimos que esse valor passasse de R$ 60 para R$ 80. Mas nas operadoras que não negociaram, o valor ainda está entre R$ 50 e R$ 60", conta.

Veja abaixo a relação de operadoras que terão as consultas suspensas na sexta-feira:

- GreenLine

- Economus

- Classes Laboriosas

- Transmontano Saúde

- NotreDame

- Intermédica

- Correios

- CET

- Ameplan Saúde

- Cruz Azul Saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.