Medo de epidemia faz China estocar vacina para gripe aviária

Desde dezembro, já foram registrados oito casos da doença em humanos e cinco morreram

Efe,

12 Fevereiro 2009 | 05h23

Com medo de uma possível epidemia de gripe aviária em humanos, a China começou a armazenar vacinas contra a doença produzidas no país, segundo informou nesta quinta-feira, 12, a agência de notícias estatal Xinhua.   A vacina, chamada Panflu e fabricada pela firma farmacêutica local Sinovac Biotech, serve para pessoas entre 18 e 60 anos infectadas com o vírus H5N1 e suas variantes, segundo Yan Jiangying, porta-voz da Administração Estatal de Alimentos e Drogas.   Segundo o Ministério da Saúde chinês, já foram registrados oito casos de gripe aviária em humanos desde dezembro e cinco dessas pessoas morreram.   A China é o segundo país do mundo com tecnologia e capacidade industrial para fabricar vacinas contra a gripe aviária em humanos.   Segundo os últimos dados da OMS, a gripe aviária custou a vida, desde 2003, de 252 das 399 pessoas infectadas em 15 países, a maioria delas no sudeste asiático.

Mais conteúdo sobre:
gripe aviária China epidemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.