Menina de 10 anos morre vítima da gripe aviária na Indonésia

Ao todo, 89 já morreram no país, o mais castigado no mundo pelo vírus

Efe,

22 de outubro de 2007 | 06h14

Uma menina de 10 anos tornou-se a 89ª vítima fatal da gripe aviária na Indonésia, país mais castigado no mundo pelo vírus, confirmaram nesta segunda-feira, 22, fontes oficiais. A criança foi internada no sábado em um hospital da província de Riau, na ilha indonésia de Sumatra, e morreu menos de doze horas depois, segundo a agência oficial Antara. O último caso registrado até agora também havia sido de um menor, uma criança de 12 anos que morreu no dia 12 de outubro em Java Ocidental por causa da cepa H5N1, a mais mortífera do vírus. A Indonésia, o país mais castigado pela epidemia da gripe aviária, conta com um índice de contágio de 78% em casos confirmados e a epizootia se transformou em endêmica nas ilhas de Java (a mais povoada do país), Sumatra e Bali, assim como na região meridional das Célebes.

Tudo o que sabemos sobre:
Indonésiagripe aviária

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.