Merck sai da disputa pela Schering

A alemã Merck anunciou ontem que se retirava da disputa pela Schering, depois que a Bayer ofereceu 16,3 bilhões de euros pela empresa - a oferta da Merck foi de 14,9 bilhões de euros. Com isso, o caminho para a concretização do negócio fica mais fácil. Se ocorrer, a fusão entre as duas empresas terá sinergias anuais de 700 milhões de euros. O presidente da Bayer, Werner Wenning, acredita que a operação deve levar a aproximadamente 6 mil demissões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.