Divulgação/Hospital Biocor
Divulgação/Hospital Biocor

Minas Gerais tem primeira morte confirmada por novo coronavírus

Paciente morreu em hospital de Nova Lima; outras 23 mortes suspeitas são investigadas

Leonardo Augusto, especial para o Estado

30 de março de 2020 | 11h04

BELO HORIZONTE - Uma idosa de 82 anos é a primeira vítima cofirmada do novo coronavírus em Minas Gerais. A paciente morreu neste domingo, 29, em decorrência de complicações da doença no Hospital Biocor, em Nova Lima, conforme informou a Prefeitura da cidade. A informação foi confirmada pelo governo do Estado.

Segundo informações do governo, a paciente foi internada no dia 21 de março com quadro de febre, tosse, e desconforto respiratório. Foi transferida para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no dia 23. A paciente, ainda segundo o Estado, tinha "doença cardiovascular vascular crônica, diabetes mellitus e pneumopatia crônica". O teste positivo para covid-19 foi feito por laboratório privado.

Nova Lima faz limite com Belo Horizonte e o Biocor fica exatamente nesta região. Segundo nota da Prefeitura, divulgada nesta segunda, 30, informando a morte, a paciente é moradora da capital e, por esse motivo, "o caso foi repassado à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, que o encaminha para a secretaria de saúde da capital".

O boletim mais recente da Secretaria de Estado de Saúde sobre coronavírus, divulgado nesta segunda, aponta 29.724 casos suspeitos e 261 casos confirmados da covid-19. A pasta informou ainda que 23 óbitos suspeitos estavam sob investigação.

Na semana passada, seguindo linha defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), disse que seriam iniciados nesta segunda estudos para reativação de atividades econômicas no estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.