Ministério da Saúde repassa R$ 22 mi para Bahia combater a meningite

Ministério da Saúde repassa R$ 22 mi para Bahia combater a meningite

Estado prioriza vacinação de crianças menores de 5 anos contra a meningocócica do tipo C

Agência Brasil

12 Abril 2010 | 15h42

O Ministério da Saúde autorizou o repasse de R$ 22 milhões do Fundo Nacional de Saúde para o Fundo Estadual de Saúde da Bahia. Os recursos vão reforçar as ações de controle da meningite. A portaria foi publicada nesta segunda-feira, 12, no Diário Oficial da União.

 

Desde o início do ano, o governo da Bahia promove uma campanha de vacinação gratuita para imunizar crianças menores de 5 anos contra a forma mais agressiva da doença, a meningocócica do tipo C. A estimativa é vacinar até julho 1,5 milhão de crianças, o que corresponde a 10% da população baiana, de acordo com a Secretaria de Saúde do estado.

 

De acordo com levantamento da secretaria, houve uma redução de mais da metade (57%) dos casos de morte causados por todos os tipos de meningite nos três primeiros meses deste ano. No mesmo período do ano passado foram registradas 42 mortes.

 

De acordo com dados do Ministério da Saúde, a Bahia terminou o ano passado em quarto lugar no ranking de incidência de meningite meningocócica C, com praticamente um caso a cada grupo de 100 mil habitantes. Dos 19.708 casos confirmados da doença em 2009, 6.981 (35,4%) foram diagnosticados como sendo de origem bacteriana e 2.603 (37,3%) foram classificados como doença meningocócica.

 

Veja também:

linkBahia reduz em mais da metade o número de óbitos por meningite

linkSalvador já registra 11 mortes por meningite

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.