Ministério da Saúde vai lançar a caderneta do idoso

O Ministério da Saúde adotará em todos os municípios do País a Caderneta da Pessoa Idosa e o Caderno de Atenção Básica em Envelhecimento. A primeira servirá para o acompanhamento da saúde das pessoas acima de 60 anos, e a segunda para auxiliar os profissionais de saúde no diagnóstico de doenças e na forma de tratamento. Segundo o coordenador da Área Técnica de Saúde do Idoso do Ministério da Saúde, José Luiz Telles, receberão o material os agentes comunitários do Programa Saúde da Família. Eles serão capacitados para anotar nas cadernetas todas as informações que possam ser úteis no tratamento do idoso. "A pessoa idosa que receber a caderneta deve andar sempre com ela, principalmente quando for ao seu médico", afirmou Telles. Para explicar como o material deve ser utilizado, o ministério promove seminários e discute com os secretários municipais de Saúde, a melhor forma de utilizar a caderneta em sua cidade. Na última semana, entre os dias 4 e 8, coordenadores estaduais de Saúde do Idoso da região Nordeste estiveram reunidos em Recife (PE) para receber as orientações. Nesta semana, a reunião será com representantes das regiões Sul e Sudeste. As informações são da Agência Brasil

Agencia Estado,

11 de dezembro de 2006 | 13h12

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.