Divulgação
Divulgação

Ministério lança Campanha de Vacinação contra a gripe

Objetivo é imunizar 80% do público-alvo, que inclui crianças, pessoas com mais de 60 anos, gestantes, entre outros

O Estado de S. Paulo

30 Abril 2015 | 15h43

BRASÍLIA - O Ministério da Saúde lançou nesta quinta-feira a Campanha de Vacinação contra a gripe. A campanha começa no dia 4 de maio e o objetivo é garantir que ela alcance 80% do público-alvo, algo estimado em 39,7 milhões de pessoas. Serão disponibilizadas 54 milhões de doses. 

Seguindo recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), a prioridade é que sejam vacinadas crianças de seis meses a menores de cinco anos e pessoas com 60 anos ou mais; além de profissionais da saúde; indígenas; gestantes; mulheres até 45 dias após o parto e presos. Trata-se dos grupos mais propensos à doenças respiratórios.

Nessa avaliação também se incluem estudos sobre epidemias e comportamento de infecções respiratórias. 

"Nosso objetivo é reduzir ao máximo as complicações causadas pela gripe. A vacina que oferecemos no SUS é muito segura e é fundamental para evitar internações, além de reduzir em até 75% o número de óbitos", disse na manhã desta quinta-feira, 30, o ministro da Saúde, Arthur Chioro. 

A vacina pretende proteger contra três subtipos de gripe: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. As vacinas estarão disponíveis em 65 mil postos de vacinação. Para ser vacinado, é preciso levar o cartão de vacinação e identificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.