Ministros de 40 países se reunem para discutir gripe

Ministro da Saúde do Brasil e autoridades de organismos internacionais vão participar do encontro

Efe,

23 Junho 2009 | 04h20

Ministros da Saúde de aproximadamente 40 países - entre eles o Brasil - vão se reunir no balneário de Cancún, no Caribe mexicano, para estudar opções que permitam frear a expansão da pandemia de gripe suína no mundo, indicaram nesta segunda-feira fontes oficiais. O encontro também contará com a presença de autoridades de organismos internacionais, especialistas e cientistas.

 

A presença do ministro da Saúde José Gomes Temporão foi confirmada por seu colega mexicano, José Ángel Córdova, que também anunciou a participação da diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, e da diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPS), Mirta Roses.

 

A cúpula de ministros será inaugurada pelo presidente do México, Felipe Calderón, em 2 de julho, e o primeiro dia de trabalhos terá o pronunciamento de representantes de Estados Unidos, México e Canadá,

os três países mais castigados pela doença.

Mais conteúdo sobre:
gripe suina Influenza A (H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.