Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Moro: está em avaliação possibilidade de fechamento temporário da fronteira com outros países

Até o momento, o País só restringiu a entrada de venezuelanos

Marlla Sabino, Idiana Tomazelli e Amanda Pupo, O Estado de S.Paulo

18 de março de 2020 | 15h28

BRASÍLIA - O ministro de Justiça e Segurança pública, Sergio Moro, afirmou que governo federal avalia a possibilidade de fechar, temporariamente, as fronteiras com outros países para evitar a propagação do novo coronavírus no País. Na manhã desta quarta-feira, 18, o presidente Jair Bolsonaro participou, por videoconferência, de reunião com demais presidentes do Mercosul.

Até o momento, o país só restringiu a entrada de venezuelanos. De acordo com o ministro, a medida foi para evitar a propagação da doença no Brasil e para não sobrecarregar o sistema de saúde brasileiro. “O país não teria condições de absorver a demanda vinda da Venezuela”. 

O ministro também anunciou que serão tomadas medidas em relação aos presídios. O governo federal irá fornecer insumos para prevenção da disseminação da doença entre os presos. O governo federal também recomendou aos Estados que as visitas sejam totalmente ou parcialmente restringidas. 

Moro também garantiu que o governo está preocupado com o policiamento, para garantir que a segurança da população. “Nossa avaliação é que a segurança não pode parar, já que os criminosos não reduzem suas atividades por conta da epidemia”, afirmou. 

O ministro também ressaltou que é esperado que todos os brasileiros compreendam a seriedade da conjuntura atual do país e sigam, sem pânico, as recomendações do Ministério da Saúde. 

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.