Morre gêmeo siamês em operação no Sírio-Libanês em São Paulo

Os gêmeos siameses Lucas e Luan Bauer, de um ano e quatro meses, naturais de Brusque, Vale do Itajaí, em Santa Catarina, foram separados numa cirurgia realizada em São Paulo que começou na tarde de ontem e terminou na madrugada de hoje. Luan não resistiu à cirurgia, que foi realizada no Hospital Sírio-Libanês. Lucas sobreviveu e permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo os médicos, ele deverá se recuperar totalmente da cirurgia. As crianças nasceram em 16 de novembro de 2004 ligadas pela cabeça. Elas foram transferidas de Santa Catarina para São Paulo um ano depois, em 17 de novembro de 2005. O corpo de Luan já saiu de São Paulo e deve chegar a Brusque por volta das 18 horas. O sepultamento está marcado para amanhã, às 10 horas, no Cemitério Luterano, no centro da cidade.

Agencia Estado,

07 de março de 2006 | 12h24

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.